As Vantagens da Atividade Física na Terceira Idade

22070188_1419270861502370_1425350402_o

A Atividade Física tem sido de extrema importância para que haja uma manutenção efetiva dos sistemas garantindo assim o bem-estar e a qualidade de vida do idoso, vindo contribuir para um envelhecimento bem-sucedido e amenizando os efeitos mais severos dessa fase da vida.

Dentre os benefícios da atividade física na terceira idade temos a melhoria do bem-estar geral, a melhora da condição da saúde física e mais importante, a preservação da independência, lembrando que a atividade física é uma das intervenções mais eficientes quanto à melhora da qualidade de vida dos idosos, pois auxilia no controle das mudanças ocorridas pelo processo de envelhecimento, promovendo a independência e autonomia nas atividades do cotidiano.

Assim é importante conscientizar que a atividade física na terceira idade é muito importante para a rotina dos idosos, pois colabora com sua saúde, agindo sobre o envelhecimento, e evitando muitas vezes a sua limitação funcional.

A atividade física é uma das intervenções mais eficientes quanto à melhora da qualidade de vida dos idosos, pois auxilia no controle das mudanças ocorridas pelo processo de envelhecimento promovendo a independência e autonomia nas atividades do cotidiano, o que para o idoso é de suma importância, trazendo para sua vida benefícios além da saúde, voltadas para o seu aspecto social e psicológico.

O principal benefício que a atividade física promove no envelhecimento biológico é a manutenção da capacidade funcional, promovendo maior manutenção dos sistemas fisiológicos por um tempo maior, e evitando seu rápido declínio.

Razão Psicológica

fator psicológico

 

Antes, o envelhecimento era considerado e visto apenas como processo biológico, pois era analisado somente o declínio do corpo, no início do século XX passou a ser visto também sob um aspecto psicológico, com isso ficou claro que com as transformações ocorridas pelo processo do envelhecimento as pessoas apresentavam mudanças de comportamento, papéis, valores e crenças.

Ao analisar abordagens do envelhecimento psicológico, tem-se que o fator primordial para o trabalho com o idoso prega que o ambiente tem um papel importante, assim, deve-se promover um ambiente agradável para que o idoso não sinta descrença, hostilidade e insegurança, gerando impotência ou mesmo revolta, agressividade, desespero e destruição, o que afeta mais ainda o envelhecimento psicológico.

Com base nisso, a inserção de atividades recreativas compreende todas as atividades espontâneas, prazerosas e criadoras que o indivíduo busca para melhor ocupar seu tempo livre, pois muitos idosos tem a maior parte do seu tempo ocioso, então a recreação é grande aliada na composição de atitudes mais felizes junto aos idosos, e melhor, auxiliam no combate ao envelhecimento psicológico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *